ants-on-a-leaf-1373666-1280x960.jpg

Sobre os Humanos que colaboraram com este trabalho

 

Organizadores

WhatsApp Image 2020-02-09 at 14.23.46.jp

Beatriz Sinelli Laham

Graduada em bacharelado e licenciatura em Ciências Biológicas pelo UB-USP, uniu seus interesses em meio ambiente e educação por meio da pesquisa em Educação Ambiental. Atualmente, desenvolve um projeto acerca das percepções sobre mudanças climáticas globais, com foco em estudantes do ensino básico.

Francisco M. Aires

Com o convívio e interesse pela natureza desde sempre, é bacharel e licenciado em Ciências Biológicas pelo IB-USP. Atuou por muito tempo no grupo de agroecologia Taiobas do Matão. Crê na coletividade como solução para muitos dos problemas atuais. Hoje está envolvido em sistemas de distribuição e consumo de alimentos orgânicos, produção cervejeira e produção cultural.

foto chico.jpg
WhatsApp Image 2020-02-09 at 14.39.11.jp

Gabriel Soto

Apesar de sempre fascinado pela natureza, Gabriel é nascido e criado em meio ao concreto de São Paulo. Agora, formado em Ciências Biológicas pela USP, luta para favorecer a natureza dentro da cidade.

Luís Gustavo Arruda

Com interesse em questões ambientais e sociais, encontrou na Educação para a Sustentabilidade um caminho frutífero em sua busca por conhecimento e ações de impacto. Licenciado em Ciências Biológicas pelo IB-USP, é aluno de doutorado no mesmo instituto, com foco em políticas públicas de Educação Ambiental atuando nas interfaces entre Unidades de Conservação e Ensino Básico.

WhatsApp Image 2020-02-09 at 14.30.21.jp
 

Demais colaboradores na produção dos artigos 

Edson Grandisoli e Pedro Jacobi

Prefácio

Os autores integram o IEA/USP e já produziram extensa literatura sobre sustentabilidade.

Rosana Louro

Hortas escolares como espaços educadores: potencialidades para uma educação ambiental crítica.

Docente da área de Ensino de Biologia do departamento de Zoologia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB/USP) e assessora do Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de São Paulo, atuando na formação de professores e construção de políticas para a disseminação da educação ambiental na rede. 

Aline Fanti

Horta escolar e seu potencial transformador

Engenheira ambiental e pedagoga, especialista em permacultura e agroecologia e participante de movimentos de hortas urbanas, tem experiência prática em oficinas e projetos de educação e sustentabilidade e conduz um projeto pessoal que visa a produção de lixo zero. É diretora de projetos da Reconectta, negócio social que leva a cultura e valores da sustentabilidade para escolas e espaços educadores.  

Michelle Jacob

Biodiversidade e a abordagem da Segurança Alimentar e Nutricional em uma Horta Comunitária com fins pedagógicos

A autora é professora no departamento de nutrição da UFRN e coordenadora do Laboratório Horta Comunitária Nutrir. Seus projetos tentam examinar como a Ciência da Nutrição pode desempenhar um papel de protagonismo na promoção de sistemas alimentares e dietas sustentáveis. Áreas de enfoque: Indicadores de Biodiversidade, resgate de usos tradicionais de plantas alimentícias não convencionais e Hortas como instrumento de Educação alimentar e nutricional.

Santiago Bernardes

Agricultura tradicional, Agrofloresta e Luta pelo Território - O caso de Ubatuba, litoral norte de SP

Santiago Bernardes, de Ubatuba, biólogo, escritor, agricultor,  articulador em Ubatuba do FCT-Forum de comunidades Tradicionais-Angra-Paraty-Ubatuba. Autor do livros "Palavrandando", "O Livro do Mar" e "O Livro da Terra". Pesquisador do OTSS-Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina, da Fundação Oswaldo Cruz em parceria com o FCT.

Vitor Tonzar Chaves e Lucca Pérez Pompeu

Agroecologia e Consumo Responsável: reflexões a partir de experiências vivenciadas

Vitor Tonzar Chaves é engenheiro e, desde dezembro de 2013, passou a integrar o Escritório Piloto da Poli-USP como voluntário, realizando projetos de extensão popular na área de Saneamento Ecológico, sistemas de irrigação e agroecologia. Atualmente é membro do projeto Sapiência Ambiental.


Lucca Pérez Pompeu é formado em Engenharia Ambiental pela USP, tendo participado da criação do Núcleo de Agroecologia e Tecnologias Sociais do Escritório Piloto da Poli, onde atuou com extensão universitária junto a movimentos sociais do campo com irrigação, saneamento agroecológico, licenciamento ambiental, entre outras coisas, tentando contribuir minimamente com a pauta da reforma agrária popular. Trabalhou alguns anos com cooperativismo e Economia Solidária junto às cooperativas de reforma agrária e também aos catadores de materiais recicláveis. Fez mestrado e está no doutorado em Engenharia de Produção, pesquisando autogestão junto ao Grupo de Pesquisas em Empresas Recuperadas por Trabalhadores no Brasil (GPERT).

Comissão Ambiental da Biologia USP

Extensão Universitária e Sustentabilidade - O Projeto Escolas Sustentáveis

A CAMBIO é um grupo de extensão que busca levar a Educação Ambiental Crítica dentro e fora da comunidade do Instituto de Biociências USP.

Luís Mário da Conceição

Relato de experiência na EMEF Tarsila do Amaral

O autor é professor da Educação Infantil e Ensino Fundamental I e Professor Orientador de Informática Educativa na Escola Municipal de Ensino Fundamental Tarsila do Amaral.

Ana Paula de Pietri

Sustentabilidade socioambiental na perspectiva da Educação Integral na cidade de São Paulo

Contratada pela Secretaria Municipal de São Paulo no ano de 2016, integrou o Núcleo de Educação Integral, atuando como formadora na área da Sustentabilidade socioambiental e no processo de acompanhamento e implementação do Programa São Paulo Integral. Atuou como assessora técnica do mesmo Núcleo de Educação Integral de novembro de 2017 à março de 2019 e integra a equipe de coordenação do Fórum de Educação Integral para uma Cidade Educadora. Desde dezembro de 2019, integra a equipe de formadores do Centro de Referência em Educação Integral da Associação Cidade Escola Aprendiz.

André Biazoti e Marcos Sorrentino

Agricultura urbana e educação ambiental: o germinar do engajamento político cidadão

André Biazoti é integrante da Articulação Paulista de Agroecologia desde 2006 e do Movimento Urbano de Agroecologia (MUDA_SP). Conselheiro do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Solidário e Sustentável de São Paulo (CDRSS) e integrante da União de Hortas Comunitárias de São Paulo. Compõe o Grupo de Estudos em Agricultura Urbana (GEAU) do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA/USP) e o Grupo de Pesquisa em Educação Ambiental e Políticas Públicas do Laboratório de Educação e Política Ambiental - OCA (ESALQ/USP).


Marcos Sorrentino foi diretor de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente de abril de 2003 a junho de 2008. De outubro de 2012 a março de 2014, foi assessor especial do Ministro da Educação, para a construção da política ambiental do MEC. Atualmente é professor sênior e coordena o Laboratório de Educação e Política Ambiental - OCA (ESALQ/USP).

Solange Silva-Sánchez e Hélia Maria S. B Pereira

Parques e praças como territórios educadores na cidade de São Paulo

Solange Silva-Sánchez é membro do Núcleo de Apoio às Pesquisas de Mudanças Climáticas-INCLINE, editora Adjunta da Revista Ambiente & Sociedade e especialista em Desenvolvimento Urbano da Prefeitura do Município de São Paulo. Integra o Grupo de Trabalho Sustentabilidade da DRE-Butantã.

Hélia Maria S. B. Pereira atua como arquiteta na Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente.

Glaucia Fornazari Maximiano

Muito além da horta pedagógica

Professora de cursos de Graduação e Pós-Graduação nas áreas de Educação e Saúde. Atua como Coordenadora Pedagógica Efetiva de uma Escola Municipal de Educação Infantil de São Paulo (Capital) que desenvolve Projeto Pedagógico com foco na Educação Integral e na Sustentabilidade.

Andreia Ramalheiro Tolentino, Renê Costa, Solange Cavalcante da Silva Redolfi, Solange Silva Sánchez, Paula Leocádia Pinheiro Custódio

GT Sustentabilidade: relato de uma experiência

O GT de Sustentabilidade surgiu da articulação entre a Diretoria Regional de Educação (DRE-BT), por meio da Divisão de Educação Integral (DICEU), e o Departamento de Gestão Descentralizada Centro Oeste 1 (DGD-CO1) da Secretaria do Verde e Meio Ambiente, em função das ações e das questões ambientais que emergem das Comunidades Escolares. O texto foi escrito por professores e gestores que integram o grupo. 

Maria Aparecida Veríssimo de Oliveira

Relato de uma Política Intersetorial CEU Inácio Monteiro/DRE Guaianases

A autora é coordenadora de Projetos Educacionais do CEU Inácio Monteiro.

Bernardo C. Baron

O estado da arte das hortas escolares na DRE Butantã

Bacharel e licenciado em Geografia pela Universidade de São Paulo, atua especialmente com agricultura urbana, cartografia temática, ciência de dados e inteligência geográfica em geral.

 

Produção do e-book

Fran Matsumoto

Ilustrações

Nascida no interior de São Paulo, Fran Matsumoto se tornou ilustradora devido ao seu amor por desenhar e contar histórias. 
Já participou de eventos e feiras, expondo seu trabalho e publicações independentes.
Formada em Ciências Biológicas pela USP, mudou seu foco para a ilustração e começou sua produção artística em 2017, buscando sempre trazer conhecimentos da biologia e trabalhar em publicações de relevância ambiental. Atualmente tem foco na ilustração de livros para a infância e em histórias em quadrinhos, trabalhando principalmente com técnicas tradicionais.

Contato:

Instagram: @fran.matsumoto

Site: https://franmatsumoto.myportfolio.com/

E-mai: franmatsumotoart@gmail.com

Mayara Fujitani

Diagramação

Mayara Kise Telles Fujitani, nascida em São Paulo, SP, em 1990, é estudante de graduação no curso de Design na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e também integrante do Tecsol FAU (Grupo de Estudos em Tecnologia Social da FAU). Trabalhou por 5 anos como formadora na ITCP-USP (Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da USP) por onde teve a oportunidade de participar de dois projetos de extensão e outros 3 projetos de pesquisa como bolsista do CNPq. Atualmente está no NESOL-USP (Núcleo de Economia Solidária da USP). Também participou da Comissão Organizadora do 25º Encontro Nacional de Estudantes de Design, sediado em São Paulo. Possui experiência em Economia Solidária, Cooperativismo, Educação Popular e Gestão de Projetos além de ter atuado como designer autônoma e educadora junto aos movimentos sociais (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis e Movimento de Economia Solidária).
Contato:

E-mail: mayara.kise@gmail.com 

 

Nossos agradecimentos:

Gostaríamos de agradecer primeiramente à Simone Lúcia Silva Aguiar, por nos ter aberto as portas da DRE-Bt e, assim, das escolas do Butantã que participaram deste estudo, permitindo que concebêssemos e realizássemos este trabalho transgressor dos muros da Universidade. Agradecemos igualmente à Paula Leocádia Pinheiro, da Divisão dos CEUs e da Educação Integral (DICEU), que, com auxílio do Roger Aparecido Silva de Oliveira, assumiram a parceria existente, nos oferecendo muito apoio e nos apresentando ao GT Sustentabilidade.
Aos participantes do estudo: diretores, coordenadores pedagógicos, funcionários, professores e alunos de Unidades Escolares da Rede Municipal de São Paulo, que disponibilizaram seu disputado tempo a responder aos nossos questionários e entrevistas.
Agradecemos imensamente a cada um dos nossos colaboradores: Edson Grandisoli, Pedro Roberto Jacobi, Santiago Bernardes, Aline Campello Fanti, Rosana Louro Ferreira Silva, Michelle Jacob, Vitor Tonzar Chaves, os membros da Comissão Ambiental da Biologia (CAMBIO), Luis Mario da Conceição, André Ruoppolo Biazoti, Marcos Sorrentino, Ana Paula Zampieri Silva de Pietri, Solange Silva-Sánchez, Hélia Maria S. B. Pereira, Andreia Ramalheiro Tolentino, Renê Costa, Solange Cavalcante da Silva Redolfi, Paula Leocádia Pinheiro, Maria Aparecida Veríssimo de Oliveira e Gláucia Fornazari Maximiano, por acreditarem nesta publicação e aceitarem nosso convite, contribuindo, cada um, com imensuráveis tesouros intelectuais e práticos para nosso futuro.
Gostaríamos igualmente de agradecer às que nos apoiaram auxiliando na concretização da publicação: Francine Matsumoto Dutra, Débora Filippini e Clara Browne, que, por acreditarem no projeto, disponibilizaram seus serviços e tornaram a publicação possível. Assim como à Bruna Bombarda e ao Rodrigo Ramirez, por seu auxílio nas fases iniciais do estudo. Também agradecemos aos professores do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas que possibilitaram o desenvolvimento de partes deste trabalho dentro das horas de estágio exigidas em cada disciplina.
Agradecemos também aos que contribuíram conosco através do financiamento voluntário pela plataforma Catarse, que também tiveram papel fundamental para a concretização deste projeto: Alberto Youssef Laham, Carla Rani Rocha Arantes, Deborah Yara A C dos Santos, Diana Mendes Alarcon, Elisa Mari Akagi Jordão, Gabriela, Gabriela Maimeri Miele, Ighor Teixeira, Jefferson Tiago Silvério da Silva, Livia Scandiuzzi, Lucas Esteves Cardozo, Luísa Nico, Marcel Bozzo, Marli Regina Moretim, Natalia Mattos, Pablito Diaz, Rosely Arruda, Rubens Rodrigues Filho, Stephanie Santos Simioni, Valeria Cassano, Valéria Sinelli e Vmenna.
Finalmente, agradecemos a todos os que nos apoiaram com ideias, críticas, elogios, sugestões e nos indicaram outras pessoas que puderam contribuir de alguma forma. Sem todas essas pessoas estruturando o projeto e nossa rede de apoio, este trabalho jamais teria acontecido, seremos eternamente gratos a todas.

 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now